5 passos para arrumar uma mochila cargueira

Enquanto muitos mochileiros colocam seus pertences na mochila sem qualquer organização, de última hora e na véspera de um roteiro, existem métodos de organização que ajudam melhorar a experiência do trekking. Aprender a organizar seu equipamento antes de montar sua mochila cargueira também elimina a possibilidade de esquecer peças chaves e ajuda a dispensar supérfluos. Além disso te dará mais conforto, praticidade e estabilidade na sua caminhada.

Para muitos aventureiros de primeira viagem, isso pode parecer uma tarefa difícil, mas seguindo algumas recomendações básicas, verá que não é tão difícil quanto parece.

Arrumação a mochila pode ser dividida em 4 áreas além da parte externa:

  1. Fundo: Bom para objetos volumosos e que não serão necessários até chegar no acampamento.

  2. Central perto das costas: Bom para objetos densos e mais pesados.

  3. Central na frente: Bom para objetos volumosos que possa precisar durante a trilha.

  4. Parte superior, bolsos, abas e tampas: Lugar para as coisas essenciais que precisará com urgência ou frequência.

  5. Amarraras externas: Para objetos de tamanhos irregulares ou longos.

A – Fundo da mochila

Objetos volumosos que não precisará até chegar no acampamento podem incluir:

  • Saco de dormir

  • Colchonete pequeno

  • Roupas que usará para dormir

  • Calçados

  • Colocar estes objetos macios no fundo da mochila também tem a função de agir como um amortecedor entre as suas costas e sua mochila.

B – Central perto das costas

Aqui vão os objetos pesados e densos que não precisará durante sua caminhada como por exemplo:

  • Comida (não lanches)

  • Kit de cozinha

  • Fogareiro

  • Reserva de água

Colocar os objetos pesados nesta parte da mochila ajuda a criar um centro de gravidade estável e balanceia a carga para baixo ao invés de para trás. Se este peso for colocado muito no fundo da mochila pode fazer com que a mochila deforme; se for colocado muito alto faz com que a mochila perca seu equilíbrio. 

Considere embrulhar objetos macios em volta dos objetos volumosos para evitar que eles se desloquem. Use roupas, por exemplo, para preencher as lacunas e criar amortecimento entre eles e o reservatório de água.

  • Corpo e base da barraca

  • Sobreteto da barraca

  • Roupas extras

C – Central na frente

Aqui vão os objetos volumosos usados durante a caminhada, como:

  • Jaqueta com isolamento térmico, anorak ou corta vento

  • Fleece e calça

  • Capa de chuva

  • Kit de primeiros socorros

  • Filtro ou purificador de água

  • Suprimentos de Toilette (pá, papel higiênico, sacola de papel higiênico usado)

Algumas pessoas preferem acondicionar suas barracas nesta parte para ter fácil acesso no caso de chuva ou tempestade no caminho.

D – Parte superior, bolsos, abas e tampas

Mochilas divergem no que oferecem de bolsos, abas e tampas. Alguns dos bolsos tem bolsos menores no interior. Todas estas opções são para o armazenamento de pequenos objetos essenciais e de rápido acesso.

  • Mapa

  • Compasso

  • GPS

  • Boné

  • Luva

  • Bandana

  • Óculos de sol

  • Protetor solar

  • Bálsamo labial

  • Lanterna de cabeça

  • Repelente

  • Lanches

  • Garrafa d’água

  • Capa de chuva

  • Chaves do carro (procure por um bolso que tenha um grampo no interior)

  • Documentos e dinheiro

E – Amarras externas

Muitos dos modelos de mochilas possuem algum tipo de amarra na parte externa. Alguns dos itens que poderiam ser colocados incluem:

  • Bastões de caminhada

  • Estrutura ou varetas da barraca

  • Colchonete maior

  • Barraca

Estas amarras servem para acondicionar equipamentos que não podem ser guardados de nenhuma outra forma. No entanto, como podem engatar em galhos ou raspar em rochas com facilidade, deve-se minimizar o número de itens que se carrega do lado de fora da sua mochila.